Você sabe o que é ecodoppler? Descubra agora!

O ecodoppler é um procedimento que pode identificar diversos problemas clínicos. Por isso, se o seu médico receitou esse exame, você está no lugar certo, pois tiraremos todas as suas dúvidas em relação a esse tema, para que você possa se sentir tranquila durante o procedimento.

Neste texto, vamos explicar tudo o que você precisa saber, para o que ele serve e quando é recomendado fazê-lo. Podemos adiantar que esse tipo de exame é bem simples e muito rápido de ser feito, além de ter uma eficiência muito grande para diagnosticar diversos tipos de doenças

Também te esclareceremos sobre os tipos de ecodopler, bem como a duração e indicação desse exame quando é solicitado na gravidez para desmistificar algumas informações incorretas.

Quer saber mais e chegar no dia do exame com todo o conhecimento necessário? Então, continue a leitura e se informe melhor. Vamos começar! 

O que é o exame ecodoppler?

Apesar de o nome não ser tão comum e até um pouco difícil de pronunciar, esse exame nada mais é do que um tipo de ultrassonografia, em que se utilizam ondas sonoras que permitem analisar o fluxo de sangue que circula em suas veias e artérias.

Seus outros nomes podem ser ultrassom com doppler ou ecografia com doppler. Por isso, se seu médico receitou alguma dessas opções, saiba que se trata de um único exame, que deve ser feito em clínicas especializadas.

Isso se deve porque ele é realizado por meio de um aparelho, em salas climatizadas com ar-condicionado para evitar danos operacionais. Além disso, é acoplado a uma televisão para facilitar a visualização das imagens.

Mas, afinal, para que serve o ecodoppler? 

O ecodoppler produz fotografias internas de seus vasos sanguíneos em várias partes do corpo e, por meio delas, os profissionais de saúde podem analisar e diagnosticar diversos tipos de doenças.

Vale lembrar que esse método não emite radiações e não causa nenhum mal ao paciente consultado. Para gestantes, inclusive, é recomendado para avaliar o fluxo de sangue e oxigênio que chega aos órgãos do feto, e permite analisar a irrigação do coração e do cordão umbilical. 

Para ficar mais claro, separamos abaixo uma pequena lista de como o exame ecodoppler pode servir. Veja:

  • estudar todo o funcionamento das veias e artérias do paciente para verificar pontos de estrangulamento nessas estruturas;
  • detectar tromboses (formação de coágulos) nas veias e artérias, que são fatores de risco para doenças cardiovasculares e cerebrais; 
  • diagnosticar e avaliar varizes (aquelas pequeninas veias que surgem na pele, geralmente nas pernas e barriga) para recomendar tratamento cirúrgico de retirada ou estético; 
  • medir a irrigação de sangue da mãe para o feto durante a gravidez
  • identificar dilatações nos vasos sanguíneos e orientar sobre as complicações desse problema; 
  • diagnosticar estreitamento ou fechamento de veias e artérias, o que facilita uma intervenção precoce por meio de pequenas cirurgias; 

Quais são os principais tipos de exame ecodoppler? 

Agora que você sabe para o que serve o ecodoppler, fica mais fácil entender cada tipo de exame e saber por que seu médico o receitou. Veja quais são os principais logo abaixo, nos próximos tópicos.

Ecodoppler de artérias renais 

Geralmente é solicitado pelo médico para analisar o fluxo de sangue nos rins. Ele serve para verificar se existe algum estreitamento ou fechamento de algumas veias, que esteja dificultando ou impossibilitando a chegada normal de sangue nesses órgãos.

ecodoppler renal também pode ser indicado para diagnosticar alguma deformidade, como a redução do tamanho ou alguma dilatação dos rins. Por meio desse resultado e das queixas do paciente, o médico concluirá o diagnóstico.

Duplex Scan arterial e venoso dos membros inferiores 

Esse exame pode ser chamado simplesmente de ecodoppler dos membros inferiores, ou seja, das pernas. Ele é muito solicitado para pessoas que têm varizes nesses membros, mas também serve para diagnosticar tromboses, estreitamento de vasos, verificar sintomas de má circulação ou, simplesmente, para analisar o fluxo de sangue nas veias, principalmente, se o paciente tiver acabado de realizar uma cirurgia. 

Ele é um exame para avaliar o grau de obstrução do fluxo sanguíneo decorrente do entupimento de um vaso. Normalmente, os médicos solicitam esse exame quando os pacientes se queixam frequentemente de dores ou inchaços nas pernas

Duplex Scan arterial dos membros superiores 

O mesmo exame do tópico anterior, só que agora aplicado aos braços. Também é indicado para avaliar o fluxo sanguíneo de veias e artérias desses mesmos membros, como o antebraço e a região superior. 

Apresenta características específicas, pois auxilia na rastreabilidade de doenças do tipo isquêmica, quando ocorre diminuição do fluxo sanguíneo para uma área delimitada, ocasionando morte celular por falta de oxigênio.

Ecodoppler da tireoide

A tireoide é uma importante glândula que fica localizada perto da região do pescoço e produz hormônios para regular diversos órgãos do corpo, como coração, cérebro, rins, entre outros, pois afeta principalmente as reações metabólicas.

O exame ecodoppler da tireóide pode ser indicado para avaliar o seu funcionamento, de acordo com a circulação de sangue e a presença de vasos sanguíneos em excesso, além de conseguir diagnosticar possíveis nódulos malignos que podem originar doenças mais graves, inclusive o câncer. 

Ecodoppler de carótidas 

As carótidas são as artérias que conduzem o sangue do coração até o nosso cérebro. Quando há qualquer alteração no funcionamento delas, como alguma obstrução ou estreitamento, isso pode causar tonturas, desmaios e, até mesmo, um acidente vascular cerebral (AVC).

Por esse motivo, os médicos podem solicitar esse tipo de exame para diagnosticar problemas de circulação dessas artérias e detectar riscos de AVC e de outras doenças naqueles indivíduos que apresentam fatores de risco para o desenvolvimento dessas enfermidades.

Ecodoppler na gravidez

O ecodoppler na gravidez é um exame para avaliar a nutrição do feto, por meio das análises das artérias umbilicais, ducto venoso ou veia umbilical. Nessas situações, é possível predizer o grau de desnutrição e os impactos para o feto.

Para tanto, o médico deve fazer pelo menos 3 medições em localidades diferentes para mensurar o fluxo sanguíneo e garantir a questão sobre a nutrição do feto. Nas situações que envolvem risco, o médico encaminhará o resultado ao profissional ginecologista.

Como o ecodoppler é feito? 

Se você nunca fez o exame de ecodoppler, pode ficar tranquilo. Afinal, esse procedimento não causa dor e nem sequer demora muito. O tempo de duração é variável conforme a região a ser analisada, a destreza do médico e quantidade do que precisa ser analisado.

Funciona da seguinte forma: primeiro o paciente precisa deitar na maca, enquanto o médico aproxima um aparelho — semelhante a uma lanterna — da pele. Esse equipamento emite ondas sonoras — que nossos ouvidos não são capazes de escutar — e que geram as tais fotografias da parte interior das veias da pessoa examinada. 

Outro procedimento é que, ao deslizar esse aparelho sobre a pele, o médico aplica um gel que facilita o seu uso. O resultado é extremamente rápido — cerca de 30 a 60 minutos — e muito confiável. 

Durante o exame, o médico faz algumas observações na imagem para facilitar a impressão desses dados posteriormente. Em seguida, finaliza o relatório final que poderá ser entregue no mesmo dia ou mediante agendamento.

Onde fazer o exame ecodoppler? 

Agora que você tem o conhecimento necessário sobre o que é o ecodoppler e para que ele serve, é hora de agendar o exame solicitado pelo seu médico. Vale lembrar que esse e qualquer outro tipo de exame de imagem deve ser realizado por um profissional capacitado, como um médico especialista em ultrassom.

Sendo assim, busque sempre por um laboratório de diagnóstico por imagem de referência e que seja formado por um corpo médico preparado, além de toda a estrutura necessária que você precisa para ter a garantia e precisão de seus resultados.

Enfim, essas foram algumas dicas sobre o importante exame ecodoppler, um procedimento rápido, simples e sem dor que pode ajudar a evitar doenças,  tratar outras ou acompanhar a evolução das já existentes.

Além disso, esse exame não causa nenhum tipo de efeito colateral ao paciente. Vale reforçar a grande importância de buscar profissionais especializados para a realização do procedimento e poder ter a certeza de resultados de confiança. Com a saúde não se deve arriscar! Agora que já entendeu as indicações do ecodopler, não deixe de marcar esse procedimento e enviar o mais breve possível o relatório ao médico que solicitou.

Esse processo é o mais importante para que ele faça intervenções adequadas ao resultado e, dependendo da evolução clínica do problema, quanto mais rápido o tratamento for iniciado, melhor para evitar outros transtornos.

Em alguns casos, pode ser necessário o acompanhamento da terapia por meio de novos exames e, por isso, guarde os resultados em ordem cronológica para que o médico entenda e faça um prognóstico mais apurado.

O ecodoppler é um exame para diagnosticar doenças relacionadas a má circulação do sangue dentro dos vasos sanguíneos. O procedimento é simples, não requer preparos prévios, porém deve ser realizado por um profissional credenciado e competente para essa atividade e em estabelecimentos que utilizam equipamentos confiáveis.

Gostou do nosso post? Gosta de ficar por dentro de algumas dicas sobre saúde e bem-estar e quer manter uma vida saudável e longe de doenças? Então, não deixe de curtir nossa página do Facebook e o nosso Instagram, porque assim você pode acompanhar todas as novidades que compartilhamos por lá! Até a próxima! 

Grupo Infinita

No blog da Infinita - Diagnóstico por Imagem você encontra os melhores conteúdos sobre saúde, qualidade de vida, exames, diagnósticos e prevenção de doenças.

Deixe um comentário